Bem vindo ao IBMED

Funcionamento : Segunda a Sexta - 7:30 às 19:00
  Contato : +55 (73) 3281-0366
WhatsApp Marcação pelo WhatsApp (73) 98234-9283

Entenda-mais-sobre-o-refluxo-gastroesofágico-_DRGE

Formas naturais de combater o refluxo

O refluxo, como é conhecido o refluxo gastroesofágico, ocorre quando o que deveria ir do estômago para o intestino faz o caminho inverso e volta para o esôfago. Isso significa que acontece um refluxo de ácidos estomacais que vão inflamando e lesionando o esôfago, podendo causar de desconforto a complicações graves.

O refluxo acontece quando o músculo esfíncter, que deveria impedir que o suco gástrico volte para o esôfago, não fecha bem, deixando vazar o conteúdo estomacal. É uma condição que atinge mais de 20% da população e pode ser causada por fatores como alergias alimentares, produção excessiva ou ineficiente de ácido, gravidez, efeitos colaterais de medicamentos e fraqueza no esfíncter, entre outros.

A boa notícia é que existem formas naturais de combater o refluxo. Confira!

Acerte na alimentação

A alimentação tem um papel crucial tanto na prevenção quanto no tratamento do refluxo gastroesofágico. Os cuidados incluem tanto o que se como como quanto e como se come.

A dieta anti-refluxo foca em diminuir ou eliminar alimentos que irritem as mucosas intestinais ou aumentem a acidez do organismo. Veja nossas dicas para manter o refluxo e a queimação estomacal longe:

Fuja dos ácidos

Dê um tempo no suco de laranja e abacaxi e invista no suco de aloe vera. Evite alimentos ácidos como frutas cítricas, pimentões e principalmente tomates. Cebolas, especialmente cruas, e alho também devem ser evitados, pois aumentam a acidez.

Pimentas estão fora do cardápio também, aposte em temperos como gengibre, canela, coentro e salsinha.

Bebidas como café e chás com alto teor de cafeína entram na mesma categoria. Vá de chá de camomila, que é excelente para o estômago. Atenção: o café descafeinado também é ácido, então não está liberado!

Quem sofre de refluxo deve restringir álcool e cigarros, que aumentam o refluxo. Bebidas energéticas também estão fora, pois tem altíssimas doses de cafeína.

Calma no glúten

Mesmo que não seja intolerante a glúten, vale a pena maneirar no seu consumo, já que tudo que leva glúten é de digestão mais difícil. Use a oportunidade para experimentar novos sabores, como por exemplo a tapioca no lugar do pão, o macarrão de farinha de arroz, a quinoa e a cevadinha.

Novos hábitos

Além dos cuidados com alimentação, existem alguns bons hábitos que ajudam a combater o refluxo:

  • Coma pratos menores
  • Beba bastante líquido entre as refeições
  • Evite suco durante as refeições (ao comer, só água)
  • Coma alimentos na temperatura ideal, nem muito quente nem gelado
  • Não coma 3 horas antes de ir dormir
  • Duram com a cabeça mais elevada que o corpo (cerca de 15cm)
  • Evite tomar anti-ácidos, eles inibem a digestão correta –eles parecem ajudar na emergência, mas a longo prazo complicam ainda mais a condição.
  • Coma frutas antes ou entre as refeição e não imediatamente depois
  • Perca peso
  • Procure atividades físicas que combatam o estresse

Conhece mais alguma forma natural de combater o refluxo? Conte nos comentários.

Fonte: Bolsa de Mulher

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *